Categoria: Notícias

Postado em 30/03/2017 18:41

Trabalhadores do sobreaviso são transferidos de supetão da pousada que estavam hospedados

Trabalhadores do sobreaviso que trabalham em Sergipe Terra foram surpreendidos no dia 23 deste mês com a notícia que teriam que sair imediatamente da pousada em Carmópolis, onde fica localizado o campo terrestre. Sem dar explicação nenhuma chegou uma equipe da BTS, acompanhada de fiscais da Petrobras e um caminhão para levar móveis e pertences dos trabalhadores. Até os pertences dos trabalhadores que já haviam saído de folga também foram levados sem conhecimento dos donos.

Os trabalhadores foram transferidos para uma pousada na Atalaia Nova, há mais de 50 km do campo.  Agora eles precisam ir todos os dias e voltar. Além de todo o transtorno gerado, isso tem causado atraso nas atividades e mais insegurança.

O Sindipetro AL/SE procurou a gerencia da CPT, a qual informou que também foram surpreendidos, pois o contrato é de responsabilidade da gerência do SOP. O sindicato procurou o gerente do contrato em Carmópolis, que se recusou a dar informações e pediu que procurássemos a gerência do SOP.

Os trabalhadores não devem aceitar essa situação. A empresa tratou os companheiros como mercadoria, que se tira de um lado pra outro sem explicações. Isso é uma falta de respeito. Já acabaram com o sobreaviso de alguns, já reduziram as atividades, outros foram transferidos de Alagoas para Aracaju sem aviso prévio (sem inscrição no mobiliza), são pressionados a pegar o PIDV e etc. O que vem depois?

Outras da mesma categoria:

+ Ver Todas as Notícias