Categoria: Notícias

Por Sindipetro em 30/11/2017 16:53

Petroleiros protestam contra proposta de ACT da empresa e aprovam participação na Greve Geral do dia 05

A gestão da Petrobras e o governo tem tanto medo de uma revolta organizada da categoria petroleira a nível nacional, que bastou a categoria anunciar greve, que a empresa recuou e prorrogou o ACT.  Mas ela ainda insiste no corte direitos e no processo de desmonte e privatização. Por isso a luta continua e a necessidade da greve também.

Questões como cortes no Benefício Farmácia, no valor da hora extra, o não pagamento da dívida com a Petros e a venda de ativos, entre outras questões, continuam sem solução, assim como a redução salarial e as demissões dos terceirizados.

Não podemos aceitar que entre pelo mês de dezembro sem acordo coletivo! A empresa pretende usar o período das festas de fim de ano para tentar pressionar os trabalhadores a assinar um ACT com menos direitos.  Por isso exigimos que a Petrobrás apresente na próxima semana uma nova proposta, sem retirada de direitos!

Nesse sentido, a Federação Nacional dos Petroleiros (FNP) manteve as mobilizações que estavam marcadas para esta quarta, 29, data que estava previsto o início da greve. Os petroleiros das bases da FNP realizaram protestos em todo o país e aproveitaram a mobilização para aprovar a participação da categoria na greve geral convocada pelas centrais sindicais para o dia 05 de dezembro, próxima terça-feira.  

Não vamos permitir que o governo e os corruptos do congresso nacional aprovem a Reforma Trabalhista. Se esta reforma for aprovada será o fim do direito à aposentadoria dos trabalhadores e trabalhadoras no país. Só através da nossa organização e da luta podemos derrubar as reformas, Temer e o congresso nacional.

Confira como foi as manifestações nas bases de Sergipe e Alagoas:

Tecarmo (Polo Atalaia) - Conversa com terceirizados sobre a necessidade da greve e convocação dos trabalhadores para construir a greve geral do dia 5 de dezembro:

Sede da Rua Acre - Trabalhadores se concentram na praça, em frente a empresa:

Carmópolis - Petroleiros fazem concentração na porta da empresa e realisam atraso de duas horas.

 

Furado - foram realizados atrasos com Adm e turnos nos dias 29 e 30. Assim como nas demais bases, também foi aprovada a participação na greve geral do dia 05.

Outras da mesma categoria:

+ Ver Todas as Notícias