Categoria: Notícias

Por Sindipetro em 19/09/2018 18:06

PSG atrasa salário e FGTS: trabalhadores vão a greve

Nesta segunda (17), os trabalhadores da PSG fizeram uma greve de advertência de 24 horas contra o constante derrespeito por parte da PSG. A greve atingiu as áreas de Carmópolis e Sede da Rua Acre. Até o fechamento desta edição a PSG não havia pago o salário do mês de agosto e também não recolheu o FGTS de nenhum mês de 2018. Um absurdo!

A Petrobrás vem sendo alertada desde fevereiro (2018), quando os trabalhadores resolveram se filiar ao Sindipetro AL/SE e denunciaram todas falhas da PSG em cumprir com suas obrigações. À época já havia atraso no salário, no plano de saúde, vale alimentação, gratificação de férias e reembolso de gastos com aquisição de EPI´s. Faltava até transporte para os trabalhadores.

A PSG não paga os salários, não dá satisfação e ainda informa que não tem previsão de pagamento. Será que vem mais um calote por aí? A Petrobrás precisa cobrar uma posição de sua contratada para não correr o risco de se tornar conivente com tal situação. E o mais importante disso tudo, como ficam as mães e pais de família que são trabalhadores? A ver navios? O Sindipetro AL/SE está atuando com seu departamento jurídico por um lado e por outro lado com sua Diretoria apoiando e estruturando a luta da categoria. Agora, todos os petroleiros próprios e terceirizados precisamos cercar de solidariedade os(as) companheiros(as) que trabalham na PSG.

Outras da mesma categoria:

+ Ver Todas as Notícias