Categoria: Notícias

Por Sindipetro em 04/10/2018 13:06

Trabalhadores da PSG deram exemplo de mobilização e luta

No dia 17 de setembro, os trabalhadores da PSG fizeram uma greve de advertência de 24 horas contra o constante derrespeito. A greve atingiu as áreas de Carmópolis e Sede da Rua Acre. Imediatamente depois desta mobilização e da cobrança feita pelo Sindipetro AL/SE, o caminho encontrado pela Petrobrás foi proceder o distrato (quebra por descumprimento).

Acontece que os trabalhadores tiveram de entrar na Justiça do Trabalho para pedir uma rescisão indireta. Mas até agora nada do salário do mês de agosto e nem os depósitos do Fundo de Garantia. Por causa desse calote, inúmeras ações na Justiça do Trabalho começaram a ser dada entrada em diversos estados, como no Rio Grande Norte, por exemplo.

O Sindipetro AL/SE segue acompanhando o caso destes trabalhadores, colocando desde o início o seu departamento jurídico à disposição dos trabalhadores. O sindicato orienta os demais trabalhadores a seguirem o exemplo de organização e mobilização dos agora ex-trabalhadores da PSG. Faça como estes trabalhadores, junte seus colegas e se filiem ao Sindipetro AL/SE, pois juntos somos mais fortes! Procure um diretor do sindicato próximo de você ou telefone para algum de nós listados na agenda de telefones no quadro ao lado.

 

Outras da mesma categoria:

+ Ver Todas as Notícias