Categoria: Fixo

Por direcao-al em 27/08/2020 14:33

ACT - AUMENTO MÉDIO DE 263% NA AMS

Pela proposta da Petrobrás para o ACT, o reajuste médio da AMS poderá chegar a incríveis 263% nos próximo dois anos, para contribuição de alto risco. A proposta irá pesar ainda mais para os mais velhos e representa, na prática, a privatização do plano de saúde dos petroleiros. Por isso, vamos dizer não!

Veja o link: https://youtu.be/Vl0dU-HZGRw

A projeção do aumento foi feita pelo Ibeps (Instituto Brasileiro de Estudos Políticos e Sociais) com base na proposta da empresa. O estudo traz o detalhamento do reajuste de acordo com as faixas salariais e de idade.

Para assistidos da segunda faixa salarial (R$ 2,4 mil) com mais de 58 anos, por exemplo, a contribuição passará dos atuais R$ 19 para R$ 186 em 2022, um aumento de 883%.

Para um trabalhador que paga uma contribuição de grande risco para uma família de quatro pessoas, por exemplo, a facada também será grande.  Fizemos o cálculo para a família de um petroleiro na faixa salarial de R$ 5 mil, com idade entre 39 e 43 anos, com um dependente nesta mesma faixa etária e outros dois nas faixas de zero a 18 e 19 a 23. Neste caso, a contribuição mensal passará de R$ 108, este ano, para mais R$ 460, em 2022.

Os petroleiros devem contar ainda com o reajuste da Variação de Custos Médico-Hospitalares (CVMH), que não está embutido no cálculo do Ibeps. Este índice está em média 8% acima do IPCA, segundo o Instituto de Estudos de Saúde Suplementar (IESS).

A proposta da empresa prevê também o aumento da coparticipação do custeio para pequeno risco, dos atuais 70x30 para 60x40 em janeiro de 2021 e 50x50 em janeiro de 2022.

“O aumento por si só já é um abuso, mas com a AMS privada, a tendência é piorar. Precisamos dizer não à terceira proposta da Pretrobrás para o ACT e aumentar a pressão sobre a empresa”, afirma o presidente do Sindicato, Rafael Prado.

Fonte: Sindipetro-SJC

http://www.fnpetroleiros.org.br/noticias/6115/aumento-em-ams

http://www.fnpetroleiros.org.br/noticias/6126/quanto-os-petroleiros-perderao-de-sua-renda-com-a-proposta-da-ams

 

 

Outras da mesma categoria:

+ Ver Todas as Notícias